Arquivo da tag: tradições

Tradições de Casamento

As tradições de casamento são inúmeras, cada cultura tem as suas, e a maioria têm um significado todo especial. Já falamos sobre algumas tradições interessantes (clica aqui pra conferir) e hoje vou aumentar mais um pouquinho o conhecimento de vocês nessa área.

Sabem por que a noiva sempre se posiciona à esquerda do noivo no altar? Esse costume tem origem nos anglo-saxões: o noivo, temendo a tentativa de rapto de sua amada, deixava sempre o braço direito livre pra tirar sua espada caso fosse necessário. É isso aí meninas, os noivos têm que proteger suas noivas sim! Só fico com pena dos canhotos… hehe! ;)

Pode beijar a noiva! Esse é um dos momentos mais esperados na cerimônia do casamento (pelo menos para os noivos, né?). Isso porque muitas culturas acreditavam que quando os casais se beijavam ao final da cerimônia, suas almas também eram compartilhadas. Lindo!

 

O noivo deve carregar a noiva no colo! Esse é um costume oriental. Acredita-se que os gênios ruins (que atacam apenas as mulheres) ficam à espera da noiva na porta do quarto nupcial. O marido protege a esposa carregando-a, para evitar que ela “pise” em
algo ruim. Algumas tradições acreditam em mau olhado se a noiva cair à entrada da casa. Outras falam em azar se ela entrar com o pé esquerdo. Se o noivo levá-la no colo, isso é evitado. Uma explicação alternativa para o fato é que os anglo-saxões costumavam roubar a noiva e carregá-la nas costas.

Noivo não pode ver a noiva antes do casamento! É uma tradição milenar praticada por quase todos os povos. Em alguns países árabes, o casamento, especialmente dos muçulmanos, ainda hoje é celebrado entre o pretendente e o pai da noiva (esta aguarda em outra sala). Somente depois da celebração do casamento pelos homens é que a noiva se encontra com o futuro marido. A tradição também ensina que o homem não deve tocar em nenhum pertence da noiva, para não quebrar o encanto do matrimônio. Pode-se tocar apenas em objetos de vidro e ouro.

Espero que tenham gostado!

Bjos! Aui

4 Comentários

Arquivado em Naquele Tempo